Profecias todas as profecias comparadas

Profecias: todas as profecias comparadas

Classifique este post!
[Total: 0 Average: 0]
Profecias: todas as profecias comparadas

Profecias. Tema que fascina a humanidade há milênios. O dom de poder prever, antever o futuro, é algo que intriga e fomenta a necessidade de sempre saber do Homem. Por isso isso as profecias e seus profetas foram sempre bastante aclamadas no decorrer da história.

O poder da vidência, da predição e até mesmo os falsos profetas têm um espaço importante na história da humanidade, seja construindo mitologias, seja ascendendo o imaginário popular que, constantemente, se mistura com a história factual e acaba perpetuando o conhecimento profético.

Neste post, vamos abordas todas as profecias já proferidas por videntes, profetas, santos e pessoas até então desconhecidas. Tenha em mente que as profecias nunca terminam, então este artigo terá atualizações constantes.

Por que as profecias têm tanta relevância para a humanidade?

A verdade é que no correr da história, as previsões e visões tiveram muita utilidade nos períodos em que o conhecimento científico era considerado até mesmo hediondo. Prever o desfecho de batalhas, a prosperidade de um povo ou de uma nova empreitada, etc. Tudo isso era, na maioria das vezes, vital e o motor que conduzia povos em suas cruzadas pessoais e coletivas.

Hoje, apesar de não mais considerado algo tão vital, a profecia tem um papel presente na vida pessoal e se confunde bastante com as crenças e o esoterismo de cada um. Sejam as previsões sobre algum signo ou as precauções dos maus agouros vindouros: a profecia agora faz parte da armadura pessoal de cada um.

A humanidade encontra-se, nesta época, de transição, conforme evidências e fontes diversas, em período decadente; ao mesmo tempo, é favorecida por paralela renovação, inclusive espiritual, pois, como os extremos podem se tocar, as grandes trevas produzem também as maiores luzes.

Consistiria este último aspecto de conhecimentos e experiências elevados, nos campos religioso e social, um questionamento: viveriam neste século pessoas extraordinárias para superiores mensagens e realizações – inclusive a aparição de deuses?

Nascidas no oriente, para transcendentes revelações espirituais e no ocidente para liderança e progressos necessários a uma vida mais justa e humana?

Com esses questionamentos, também surge algo oposto, os pseudo-líderes. Figuras inicialmente carismáticas, capazes de se apropriar do conhecimento profético para mascarar uma falsa virtuosidade.

Tudo isso construiu a história das profecias e o porquê ela consegue ser ainda tão relevante hoje.

Profecias comentadas

Abaixo, apresentamos os textos proféticos, seus profetas e uma explicação factual dos acontecimentos que parecem comprovar suas previsões.

Profecias sobre seres aguardados e missões especiais

A chegada, nesta época, de seres elevados e até de deuses, para grandes missões e transformações, é prevista em Nostradamus e na Bíblia:

Longo tempo antes de tudo ser ordenado./Esperamos um século bem sinistro:/O estado das máscaras e singulares bem mudado./ Pouco surpreenderá que sua posição velada esteja. (Cent. II-10)

Os deuses farão aos humanos aparição,/Os que serão autores de grande conflito,/Antes o céu sereno, espada e lança,/ Que pela mão esquerda será maior aflição. (Cent. I-91)

E andou Enoch com Deus; e não estava mais; porquanto Deus para si o tomou. (Gên., V.24)

Sucedeu pois que, havendo o Senhor de elevar a Elias num redemoinho ao céu, Elias partiu com Eliseu de Gigal./ E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do ouro, e Elias subiu ao céu num redemoinho. (II, Reis, II, 1, 11)

Eis que vos envio o profeta Elias, antes que venha o dia grande e terrível do Senhor./ E converterá o coração dos pais aos flihos, e o coração dos filhos a seus pais;… (Malaq., IV, 5,6)

E, estando eles com os olhos fitos no c~eu, enquanto ele ia subindo, eis que junto deles se puseram dois varões vestidos de branco. (Atos, I, 10)

E darei poder ás minhas duas testemunhas, e profetizarão por mil duzentos e sessenta dias, vestidas de saco./ Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus da terra. (Apoc. XI, 3, 4)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *