vacas com vr

Russia está testando Realidade Virtual em vacas

Classifique este post!
[Total: 1 Average: 5]

À medida que nosso futuro parece cada vez mais distópico, dispositivos de realidade virtual (VR) estão se tornando cada vez mais populares, permitindo aos usuários experiências incríveis em videogames, filmes e até mesmo em salas de aula.

A realidade virtual, no entanto, não é mais uma prerrogativa de apenas dos humanos. As vacas na Rússia também estão experimentando a novidade.

Em um experimento curioso, uma fazenda perto de Moscou testou headsets de realidade aumentada especialmente projetados para melhorar as condições de vida dos bovinos em confinamento.

Uma equipe de desenvolvedores, veterinários e especialistas criou simulações de campos verdes no verão projetados especificamente para deleitar as vacas. O objetivo é aumentar seu bem-estar, cuidando de seu estado emocional e não apenas de suas necessidades físicas. Pelos resultados obtidos até agora, a tecnologia parece mesmo trazer um ganho na qualidade de vida dos animais com o uso do VR.

vaca com dispositivo de VR

A ideia é baseada em estudos que mostram que vacas mais felizes produzem leite mais nutritivo. Os produtores de leite em todo o mundo desenvolveram uma variedade de abordagens para conseguir isso, desde tocar música clássica em estábulos até contratar quiropráticos para fazer massagens nas vacas. A realidade virtual é apenas o próximo passo, usando tecnologia de ponta para ajudar os agricultores a literalmente extrair mais leite de seus rebanhos.

Criar um dispositivo de realidade virtual ideal para vacas, no entanto, não foi nada fácil. O primeiro desafio foram os fones de ouvido, por conta da posição e forma dos ouvidos dos animais. Os olhos das vacas estão do lado de suas cabeças, o que lhes dá uma visão de 300 graus, mas limita sua visão binocular a apenas 25 a 50 graus, um desafio para os headsets de VR atuais.

Eles também são bastante específicos quando se tratam das cores. A simulação foi criada para atender o espectro de sensibilidades dos bovinos. As vacas podem distinguir a maioria das cores e são especialmente boas em reconhecer tons no extremo vermelho do espectro, como vermelho, laranja e amarelo. Já cores como verde (por mais incrível que pareça), azul e violeta elas têm mais dificuldade de identificar. Levando tudo isso em consideração, os desenvolvedores criaram uma simulação de campo exclusiva no verão, onde a incidência de raios no extremo vermelho do espectro é maior, o que evidentemente agradou as vacas.

Durante o primeiro teste, realizados na fazenda RusMoloko, no distrito de Ramensky, em Moscou, de acordo com o Ministério da Agricultura e Alimentação de Moscou, os especialistas envolvidos registraram uma diminuição da ansiedade e um aumento do humor emocional geral do rebanho.

O teste ainda está em andamento e os pesquisadores esperam que um estudo abrangente de longo prazo mostre resultados claros do efeito da realidade virtual na produção de leite, tanto em quantidade quanto em qualidade.

O que achou? Será que colocar nossos rebanhos em um episódio de Black Mirror vale a pena para ter mais leite?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *